O FANTÁSTICO MUNDO DA GENÉTICA HUMANA!!

NOVGEN

 

Dia Nacional de Combate ao Colesterol

No dia 8​ de agosto comemora-se o Dia Nacional de Combate ao Colesterol.

Por isso, vamos comentar um pouco sobre essa doença silenciosa, incluindo o que é colesterol, suas causas e fatores genéticos. É importante lembrar que os níveis de colesterol no sangue devem ser controlados, pois quando aumentados, eleva-se o risco de doenças cardiovasculares, causando até mesmo à morte.

Mas o que é o colesterol?

O colesterol é um tipo de gordura, chamada de lipídios, que é essencial para o funcionamento do nosso corpo, como por exemplo, a produção de hormônios. Há dois tipos de colesterol: a lipoproteína de alta densidade (HDL – colesterol “bom”) e a lipoproteína de baixa densidade (LDL – colesterol “ruim”). O HDL desempenha o papel da remoção do excesso de colesterol nos tecidos direcionando para o fígado para ser degradado, e por isso é conhecido popularmente como “colesterol bom”. Por outro lado, o LDL atua transportando o colesterol do fígado e intestino para a produção de esteroides e para as membranas celulares, sendo muito relacionado às cardiopatias e por isso popularmente é chamado de “colesterol ruim”.

Quando ocorre um desequilíbrio nos índices de colesterol, ele se torna um fator importante no aumento da incidência de Acidente Vascular Encefálico (AVE), infarto e doenças coronarianas. O colesterol pode contribuir para formação de placas de gordura na parede das artérias e vasos, dificultando o fluxo sanguíneo e, em casos mais graves, obstruindo por completo artérias e vasos.

O aumento dos níveis de colesterol está intimamente ligado à alimentação e prática de atividade física. 30% do colesterol do nosso corpo é proveniente da alimentação. Assim, o controle e combate desses índices é feito, na maioria dos casos, com a implementação de uma educação alimentar balanceada e com a prática regular de exercícios físicos, sendo o controle do colesterol importante para evitar as doenças cardíacas, uma das principais causas de morte no Brasil.

Os valores elevados do colesterol também podem ser causados por fatores genéticos, como a Hipercolesterolemia Familial, uma doença autossômica dominante, que pode ser originada por defeitos no gene LDLR (OMIM #143890), responsável pela produção do receptor de LDL. Os indivíduos que apresentam defeitos no gene LDLR possuem risco aumentado para desenvolver doenças cardíacas, pois apresentam níveis de colesterol mais altos. Assim, para auxiliar o controle dos níveis de colesterol são importantes a alimentação saudável e a prática de exercícios físicos, além da análise do colesterol, através de exames laboratoriais, como a dosagem de colesterol total e suas frações circulantes no sangue. Por isso, o acompanhamento médico é imprescindível para uma melhor qualidade de vida desses indivíduos.

 

Confira alguns sites relacionados ao tema:

https://www.unifesp.br/reitoria/propessoas/noticias/539-colesterol-noticias

https://bvsms.saude.gov.br/08-8-dia-nacional-de-prevencao-e-controle-do-colesterol/

https://www.gov.br/anvisa/pt-br/centraisdeconteudo/publicacoes/regulamentacao/boletim-saude-e-economia-no-6.pdf

https://www.omim.org/entry/143890

© 2013 - 2018 Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Escola Paulista de Enfermagem
Rua Napoleão de Barros, 754 - São Paulo - SP - CEP: 04024-002
Pabx: (11) 5576-4430